quarta-feira, 15 de julho de 2015

Resenha: Prophecy

Sinopse: "Um homem que se intitula “homem-jornal” começa a divulgar vídeos anunciando crimes que irá cometer, que são transmitidos ao vivo pela internet. Ao chegar a 5 mil visualizações, o vídeo do anuncio é deletado. Cabe ao Departamento Anticrimes Cibernéticos, chefiado pela Sub Delegada Erika Yoshino dete-lo!"


Arte
Prophecy é um mangá de arte linda que nos passa realismo em seus personagens. Sem olhos enormes e bocas gigantes, são personagens bonitos com uma aparência que condiz com sua nacionalidade, os personagens japoneses parecem japoneses, e são bem diferentes dos personagens americanos que aparecem durante o mangá, coisa que só tinha visto antes em Gantz. A arte é bonita, simples e limpa, com muita atenção aos detalhes. Se olhar bem, vai ver que a sub delegada Yoshino não repete roupa alguma durante o mangá! Só uma coisa que me incomodou é que em alguns momentos do mangás os personagens põe as mãos em posições meio confusas, tipo a Yoshino na imagem ao lado.


Minha opinião

Prophecy é um mangá que nos faz pensar. O que acontece é que conforme a história vai avançando, ficamos mais e mais curiosos sobre qual é realmente o objetivo do homem jornal. No começo, ele pune pessoas consideradas 'lixos da sociedade', que causavam flame wars (linchamentos virtuais) por seus comentários infelizes, que foram: o funcionário de Fast Food que disse querer criar um prato de baratas fritas e causou problemas para a rede, o garoto que dizia que uma mulher estuprada merecia o que teve, e um filhinho de papai que fez piada no twitter de um homem que procurava emprego.

Conforme seus atos vão ganhando mais apoiadores e atenção da mídia, o plano do homem jornal começa a 'evoluir', passando de agressões à babacas da internet, à incendiar a fábrica de uma empresa de alimentos industrializados, que causou uma grande intoxicação alimentar e se fez de vítima; desbancar uma organização ambiental que dizia que o terremoto do Japão havia sido uma punição por matarem golfinhos e manipulavam informações; e num ato totalmente inesperado, eles anunciam o assassinato de um deputado que propôs o fim do anonimato na internet! E nesse ponto a história passa a ter um ritmo mais rápido, e quanto mais a história se desenvolve, mais queremos ler, e quando vemos... acabou.

Pra mim o final de Prophecy é decepcionante e ao mesmo tempo incrível, e também surpreendente, pois diferente do que o mangá nos faz pensar, o objetivo do homem jornal não era nada grandioso, nenhuma revolução, nada assim. Seus atos e tudo o que 'mudou' por consequência deles, eram apenas parte de um plano, e por mais que houvesse uma intenção de bem maior em cada um de seus atos, e com certeza havia, só importava a atenção que isso gerava para que seu plano se concretizasse. E no final, vemos que no fundo tudo o que o homem jornal queria, todo seu plano era voltado ao bem daqueles que importavam para ele.

****

Algumas coisas no mangá me lembram Death Note. A questão do apoio da internet, nos trazem questões que desafiam nossa moral e nos fazem pensar, pois em ambos temos o justiceiro, aquele que pune as pessoas que a sociedade deixa livre, seja por um roubo ou uma tiração de sarro, e isso nos da um sentimento de justiça. Nós quereremos apoiar, ao mesmo tempo que sabemos que isso é errado, que não é a solução, que isso até pode amenizar o problema, mas não vai acabar com ele.

Leiam Prophecy. Sério, não tem mais o que dizer. O mangá é incrivelmente bem construído, nos mínimos detalhes, a arte é linda, a história é bem desenvolvida, o trabalho que a JBC fez foi maravilhoso, sendo um mangá com bom material, que por mais que esteja na estante a muuito tempo, em uma casa super úmida, está impecável. Recomendo Prophecy a todos que queiram uma história que não seja só mais um mangá cheio de fanservice, que não tem personagens que ou só choram ou ficam o tempo se vangloriando de como são bons, sem bla bla bla e tem apenas 3 volumes, que saem por 13,90 cada!

Bem, por hoje é tudo pessoal!!

Espero que tenham gostado da resenha de hoje! Se acha que algo precisa ser melhorado, comente, estamos sempre abertos a críticas construtivas! Não esqueçam de curtir nossa página no Facebook e dar uma conferida no nosso Canal do Youtube!

Uma boa semana a todos.

Até mais!
Escrito por: Moka
Revisado por: Moka

2 comentários:

  1. Seu blog é bem organizado. . Você escreve muito bem. Mas com certeza, tem sempre alguém que se identifica. Eu gosto muito de comédia, tudo que me faça rir.Sucesso em seu blog.www.katiamagal.com

    ResponderExcluir
  2. kkkk legal essa historia, show seu blog.

    ResponderExcluir