sexta-feira, 26 de junho de 2015

Resenha: Enigma


Sinopse:  "Sumio Haiba é um colegial comum… Isso, se ignorarmos que ele possui o “diário dos sonhos”, um caderno onde ele escreve previsões do futuro próximo durante o sono!! Só que por deter esse poder, ele é raptado durante a noite e confinado em seu colégio por uma existência que se autointitula “Enigma”… Mas por sorte ou não, ele não
está sozinho no colégio: foram raptadas mais 6 pessoas que, segundo o próprio Enigma, também possuem “talentos únicos”! Então, a existência misteriosa explica que o propósito de juntá-los é para realizar o “e-test”, que consiste justamente em avaliar se as 7 pessoas conseguem escapar do colégio onde estão enclausurados…!"


Este é Enigma.
 Após o misterioso sequestro de sua mãe e subsequente ida a um hospital, Sumio Haiba acorda deitado no chão do ginásio de esportes de dua escola, mas ele não está sozinho. Com ele, haviam outras 6 pessoas, incluindo sua amiga de infância, Shigeru Kurumiya. Após todos acordarem, a misteriosa criatura chamada Enigma lhes explica o que está acontecendo. O propósito de Enigma é realizar com os 7 estudantes o e-test, que consiste em que os participantes consigam escapar do prédio da escola, que está selado por seu poder, dentro de 72h pela porta do terraço do terceiro andar, mas para isso, eles devem encontrar senhas espalhadas por todo o prédio da escola. Cada participante precisa de uma senha para poder sair, e apernas uma pessoa pode sair por senha digitada. E assim, começa Enigma!

Arte

Como podemos ver na capa, a arte do mangá é muito bonita, mas com alguns poréns. Quando vi a capa pensei "Nossa, que cabelo massa o do protagonista!", e quando comecei a ler a história, olhei para aquilo e pensei "Ele tem um bicho morto em cima da cabeça!?", mas isso vai melhorando conforme os capítulos. Outra coisa que me agonia é a franja da Hiina, por que é colada na testa! Mas tirando isso, gosto muito do design dos personagens, a expressão deles é muito bem feita, conseguindo nos passar bem aquilo que os personagens estão sentindo.

Minha opinião

 Enigma é um ótimo mangá, é divertido, mas ao mesmo tempo sério, e nos trás situações que nos deixam nervosos para descobrir como os personagens vão proceder! Cada personagem teu seu problema, e cada personagem tem sua motivação para sair desse lugar, como Moto Hasekura, que deseja se livrar de sua "maldição", que muitos (como eu) achariam ser um dom maravilhoso, mas podemos entender por que ele quer se livrar disso, seus receios quanto a seu poder, ou Hiina, que vivendo em um meio de falsidade e aparencias, quer apenas um laço verdadeiro com alguém.

 Enigma nos trás personagens carismáticos, com problemas que entendemos, e conforme vamos descobrindo mais sobre eles, percebemos que não devemos julgar as pessoas apenas pelo que elas aparentam ser, pois como o mangá nos mostra isso pode ser apenas a maneira que a pessoa encontrou para se proteger. O modo como a história se desenvolve me lembra muito o sistema de RPG como Persona e a maneira como o anime de Dongaronpa se desenvolve, e gosto disso! Com certeza, Enigma é uma coleção a ser completada, lida e relida!  Li o primeiro volume e já estou super ansiosa para comprar o segundo! Espero que o mangá mantenha o mesmo rítmo, o mesmo nível por todos os próximos 6 volumes que vem por ai!

 Enigma, de Kenji Sakaki é um mangá lançado pela editora JBC, custando apenas R$ 12,90, completo em 7 volumes! O meu volume, infelizmente está com a capa meio judiadinha, com arranhões na superfície, tudo graças a maravilhosa transportadora, mas mesmo assim da pra perceber que o material da capa é bom, e que vai durar! A distribuição é setorizada, então ainda não chegou nas bancas da fase 2, mas podem ser compradas em lojas especializadas, e foi numa delas que nós compramos!

Então, essa foi a resenha de hoje! 
Espero que tenham gostado, e não esqueçam de curtir nossa página no Facebook, e participar do sorteio do vol. 1 de Zetsuen no Tempest!

Abraço :)


Escrito por: Moka
Revisado por: Taiki

Nenhum comentário:

Postar um comentário