sexta-feira, 29 de maio de 2015

Resenha: Soul Eater NOT!

Nossa coleção completa XD
Sinopse: Soul Eater NOT! é um spin-off de Soul Eater. A história fala de Harudori Tsugumi, uma garota japonesa que sonha em sonhar. Harudori descobriu a pouco tempo ser uma arma, e quando a história se incia ela havia acaba de de chagar a AMAAN (Academia da Morte para Armas e Artífices Neófito), onde conhece Meme e Anya. Harudori conhece Meme quando é empurrada e cai de cara nos peitos dela, o que é a síntese do que acontece metade do tempo no mangá, e Anya, (Anastasia Yngling) é uma princesa que foge de seu castelo por querer descobrir como é o mundo de verdade, fora de sua bolha, e acaba se fascinando pelo fato de Harudori ser a imagem da normalidade, diferente dos outros alunos da Amaan.





Um pouco sobre a história:

Harudori é uma garota japonesa, que após descobrir ser uma arma vai para Amaan. Lá ela conhece Anya e Meme, que viriam a se tornar suas amigas e ‘disputarem’ para se tornar sua artífice. Elas estão na turma NOT (Normally Overcome Target), que é a turma de não combatentes, diferente da EAT (Especially Advantaged Talent) que vão à combate, como Maka e Soul. Logo ao entrar na AMAAN as armas são orientadas a encontrar um artífice, mas Tsugumi não consegue se decidir, e passa boa parte da história na indecisão sobre qual de suas amigas seria sua artífice por gostar muito das duas e temer acabar magoando alguma delas, mas podemos notar que sua indecisão é o que as magoa. Anya é muito impaciente quanto a isso, e cobra Tsugumi muito mais do que Meme, que leva bem a questão até certo ponto da história, onde as duas dão um ultimato a Tsugumi. No mais, a história é cheia de coisas ‘cotidianas’, como as meninas indo almoçar, estudar, sair com as amigas, essas coisas.

A trama da história é a seguinte: a AMAAN está investigando o caso dos Traitors, pessoas que não dormem e do dia para a noite adquirem força e agilidade sobre humanas, e é descoberto que isso tudo é obra de uma bruxa chamada Shaula Gorgon (irmã mais nova de Medusa e Aracne Gorgon), que tem como motivação querer o mesmo 'reconhecimento' que suas irmãs, e para isso usa uma espécie de veneno para controlar a mente das pessoas, criando um pequeno exercito de pessoas sobre seu controle. Isso poderia ter sido um pouco mais central na história, por ser muito bem pensada e ter uma bruxa interessante, mas só ganha uma notoriedade no final do volume 2 quando Ethernal Feather se torna uma vítima de Shaula, e logo é colocada de escanteio novamente por vários capítulos dando lugar a frescuras de Hallowen e Basebol.

 Um ponto muito legal da história é que o final do mangá é paralelo ao início de Soul Eater, e acaba nos dando o esclarecimento sobre a morte do professor Sid! O mangá também nos mostra os personagens mais secundários de Soul Eater (como Kim, Jacqueline, e Ox) por uma outra visão, tendo um maior aprofundamento nos personagens, seus dramas, e também vemos como Liz e Patty eram antes do início de Soul Eater e como elas mudam com o tempo, o que é algo que praticamente não existe em Soul Eater, sendo Black Star o único personagem com um crescimento notável durante a serie.

O que eu achei da história?

A história é muito engraçada, com uma trama muito boa e bem pensada que na minha opinião poderia ter sido um pouco mais bem aproveitada. Uma coisa que me incomodou a história inteirinha é o fato das três ficarem se agarrando, e muitas vezes a Meme acordar nua ao lado de Tsugumi. É completamente desnecessário e se torna bem chato, por que o que deveria ser uma história de amizade acaba se tornando em algo ecchi(e não é exclusividade de Soul Eater NOT!) que passa uma imagem de que toda a amizade feminina é daquele jeito, e não é.

O que me motivou a continuar a comprar até o fim foi o fato do mangá ser curto a presentar uma história interessante que tem uma conclusão muito legal e personagens que querendo ou não chamam a atenção e são construídos de uma maneira muito humana, como a timidez e insegurança de Tsugumi ao se ver em um local novo, e o deslumbramento de Anya ao ver as coisas em Death City, como nós quando vamos a um lugar que não conhecíamos, e Meme sendo esquecida, o que sempre acontece com as pessoas (claro que em uma proporção muito menor!).

Soul Eater NOT! É um Spin-Off de Soul Eater, ainda em publicação na fase 2 pela editora JBC. O mangá custa 12,50 e pode ser encontrado completo em lojas especializadas e o volume 4 está nas bancas.

Bom fim de semana a todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário